Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SIMPLESMENTE AVÔ

Pedaços do dia-a-dia

SIMPLESMENTE AVÔ

Pedaços do dia-a-dia

01.03.19

PRAIA TRANQUILA E LIMPA


simplesmente...

Estamos em finais de Fevereiro, inícios de Março.

Admite-se, por isso, como esperável que haja alguma sujidade nas areias das praias.

Porém, fiquei realmente estupefacto ao pisar, ontem, os areais da praia de Santo Amaro de Oeiras.

As areias, na verdade, estavam, em toda a extensão da vasta praia, impecavelmente limpas.

Por aqui e por ali, alguns pequenos grupos de pessoas, sentadas ou deitadas no areal, fruíam a amena temperatura ambiente e as águas calmas do Tejo.

Um ou outro aventuravam-se, águas dentro, em inesperados banhos de mar.

O caniche esmerou-se em longas correrias, quer sozinho, quer perseguindo outros cães.

A Raquel e a Rita divertiram-se com a agilidade e a alegria esfusiante do pequeno animal.

Sentámo-nos na esplanada de madeira implantada na orla da praia.

As Netas não quiseram bolos, nem bolachas, nem outras guloseimas.

Uma pediu uma água, outra contentou-se com um sumo de laranja.

Eu bebi um café.

Infelizmente no bar não havia croquetes, alimento preferido do Caniche.

Chegaram, no entretanto, a Rosa e a Leonor, vindas ambas do Tribunal de Oeiras, onde a Advogada fora tratar dos assuntos de um cliente.

Regressámos todos a Carnaxide, com os pulmões mais arejadas e os neurónios menos poluídos.

Receita esta a repetir, sempre que surjam novas oportunidades.